livroseflores@outlook.com.br Image Map

RESENHA: ZAC & MIA - A. J. BETTS


ZAC & MIA
A última pessoa que Zac esperava encontrar em seu quarto de hospital era uma garota como Mia - bonita, irritante, mal-humorada e com um gosto musical duvidoso. No mundo real, ele nunca poderia ser amigo de uma pessoa como ela. Mas no hospital as regras são diferentes. Uma batida na parede do seu quarto se transforma em uma amizade surpreendente. Será que Mia precisa de Zac? Será que Zac precisa de Mia? Será que eles precisam tanto um do outro? Contada sob a perspectiva de ambos, Zac e Mia é a história tocante de dois adolescentes comuns em circunstâncias extraordinárias...


Inicialmente quando fui escolher o que gostaria de ler confesso que fiquei meio pé atrás sobre esse livro, afinal não é muito minha praia livros sobre adolescentes doentes que se apaixonam, mas devo dizer que esse livro me foi uma grata surpresa e que me apaixonei por ele!!

O livro é dividido em 3 partes, Zac, &, Mia. Na primeira parte os capítulos são narrados sob a perspectiva do próprio Zac, um rapaz de 17 anos, com leucemia, isolado num quarto de hospital pois transplantou a medula a pouco tempo. Gentil, alegre e esperançoso que passa seu tempo analisando estatísticas e jogando com sua mãe.


Quando um dia ele percebe que no quarto ao lado chegou um novo paciente e que ele não seguiu o protocolo normal de novos pacientes e que logo em seguida colocou Lady Gaga para tocar em volume altíssimo e em constante repetição!

Depois de ouvir a mesma música de forma repetitiva e ininterrupta, Zac não aguenta mais e soca a parede divisória entre os quartos e finalmente consegue calar aquele som. E quando tem batidas de resposta do quarto ao lado, inicia-se uma espécie de contato entre ambos.

E conhecemos também sua mãe, uma senhora preocupada, mas disposta a tentar tornar essa luta de seu filho menos árdua possível.


Na segunda parte os capítulos são narrados de forma intercalada entre o Zac e a Mia, que é uma moça rebelde, até mesmo revoltada com sua vida, mais preocupada em ser popular na escola do que tratar de sua doença.

Nesse momento somos apresentados ao restante da família de Zac, pai, irmã e irmão, uma família unida, preocupada e protetora com relação à doença de Zac e que fazem o que está ao alcance para ajuda-lo na jornada em busca da cura.

Também passamos a ter acontecimentos narrados sob a visão da Mia e passamos a acompanhá-la numa fuga de sua vida, de sua doença, mas ao mesmo tempo começamos a entender porque ela age da forma como age. Apesar de que ainda não conseguimos compreender muito bem, é impossível não gostarmos dela.


A terceira parte é narrada exclusivamente pela Mia e nos dá uma perspectiva melhor de sua personalidade e anseios. A partir de então conseguimos entender perfeitamente quem é Mia.

A forma como a autora desenvolveu a história é maravilhosa e de uma forma que pareceu tudo mais plausível e emocionante. Tal como a conquista da amizade entre eles, o desenvolvimento gradual e nem sempre constante da confiança. O relacionamento entre eles nasceu de forma gradual e cresceu sem ser forçado ou cheio de bobagens.


Gostei bastante do livro e recomendo-o demais.




ENCONTRE-ME:
Facebook  Skoob  Twitter  Instagram