livroseflores@outlook.com.br Image Map

Resenha: O Resgate de Maria Metálica - Lorena Rocque



O RESGATE DE MARIA METÁLICA
Autora:
Lorena Rocque
Ano: 2014
Páginas: 151
Editora: Chiado
Sinopse: Maria Quitéria, uma bruxa do bem, foi enviada ao submundo, para resgatar uma prisioneira muito especial e poderosa, Maria Metálica. Ela se encontrava no castelo de um mago negro há muitos anos. E era chegada a hora de sua libertação. O leitor fará uma viagem às profundezas da Terra, onde conhecerá as artimanhas do mal e os desafios vividos pelas personagens nas diversas cidades do submundo. Também verá como agem as forças do bem.
"O resgate de Maria Metálica" foi escrito por Lorena Rocque e publicado em 2014 pela Editora Chiado. A obra possui 151 páginas divididas em 27 capítulos curtos. A edição é bem simples, com letra com tamanho bom e páginas amareladas. A obra foi gentilmente cedida pela autora, em parceria com o blog.Nessa obra, conhecemos Maria Quitéria, uma bruxa do bem que foi enviada ao submundo, para resgatar uma prisioneira muito especial e poderosa: a Maria Metálica. Ela se encontrava no castelo de um mago negro há muitos anos. E era chegada a hora de sua libertação. Vou parar por aqui para não dar spoiler...Confesso que iniciei a leitura sem muitas expectativas e me surpreendi com a narrativa de Rocque. A escrita da autora é muito boa! Ela consegue cativar o leitor com os acontecimentos da trama e com os personagens. Não encontrei nenhum erro ortográfico e nem de digitação. Se eles existem, passaram despercebidos por mim.Apesar das poucas páginas, achei que a autora soube trabalhar com os artifícios dispostos a ela. Os personagens são bem construídos e bem interessantes, cada qual com sua peculiaridade. O livro é bem diferente de tudo que já li. Tem uma pegada infanto juvenil, misturado com ficção científica.A obra é uma grande e longa aventura! Não há pontas soltas. Como eu disse anteriormente, a autora soube trabalhar muito bem a ideia que teve. Porém, senti que falta diálogos nessa obra. Eles são quase escassos. Por esse único motivo é que não dei nota máxima ao livro.
ENCONTRE-ME: