livroseflores@outlook.com.br Image Map

Resenha: trinity - Jonathan Fetter-Vorm



Edição: 1
Editora: Três Estrelas
ISBN: 9788565339179
Ano: 2014
Páginas: 160
Sinopse: em 1942, temendo que os nazistas estivessem perto de construir uma bomba atômica, os Estados Unidos iniciaram o ultrassecreto Projeto Manhattan, que reuniria militares e cientistas para a criação da arma mais letal de todos os tempos. É esse episódio que o ilustrador e escritor americano Jonathan Fetter-Vorm narra em Trinity, livro em quadrinhos dirigido a jovens e adultos. De maneira informativa, interessante e dramática, ele apresenta desde as pesquisas científicas com o átomo no século XIX até as trágicas destruições de Hiroshima e Nagasaki, em 1945. Trinity é uma introdução fundamental a um dos eventos centrais da história e também às questões políticas, éticas e ecológicas provocadas pela corrida nuclear.

Encontrei esse livro ao acaso na seção de HQs de uma livraria enquanto eu procurava algo interessante para comprar. De início a capa me chamou a atenção e quando eu li que o livro tratava da história da primeira bomba atômica, fiquei muito curiosa e animada pela leitura.

Trinity foi escrito e ilustrado por por Jonathan Fetter-Vorm e é dirigido a adolescentes e adultos. O livro trata sobre a criação da primeira bomba atômica e conta com a presença de personagens icônicos como Rutherford, Chadwick e Einstein. Em minha opinião, isso torna a história em quadrinhos muito mais interessante. Além disso, o livro conta com ilustrações divertidíssimas, com traços bem agradáveis. 

Em 1942, havia boatos sobre uma bomba poderosa que os nazistas pudessem estar construindo. Desse modo, os Estados Unidos da América iniciaram um projeto super secreto em decorrência desse medo: o Projeto Manhattan. Tal projeto reuniu militares e cientistas conceituados para a construção do que viria a ser a primeira bomba atômica já construída.

A obra apresenta de maneira condensada esse processo de criação. Como o próprio autor diz ao final do livro, é impossível falar sobre todos os detalhes dessa bomba em apenas 160 páginas.  Todavia, o leitor é introduzido a várias etapas da criação dessa arma. Por exemplo, é possível acompanha as pesquisas acerca do átomo no século XIX, a descoberta de elementos altamente radioativos e todo o monitoramento e cuidado que os militares e cientistas tiveram para manter o projeto longe dos ouvidos dos outros países.

Trinity ilustra também as destruições ocorridas em Hiroshima e Nagasaki em 1945 de maneira emocionante. Ao final, é notável a  questão político-social que rodeava os cientistas: será que o que haviam construído era uma coisa boa para a humanidade? Será que essa arma com alto potencial de destruição deveria mesmo ter sido construída? Afinal, será que usaram a ciência de maneira correta? Seria este um caminho sem volta?

Trinity é sem dúvidas uma obra muito interessante. Eu gosto muito de livros que contém fatos históricos e os relatam de maneira não cansativa. Poder aprender de um maneira tão divertida sobre um assunto tão catastrófico é realmente muito válido e interessante. Enfim, recomendo a leitura a todos os estudantes, bem como àqueles se interessam pelo assunto.

Trinity foi ilusrado e escrito por Jonathan Fetter-Vorm e foi publicado em 2014 pela editora três estrelas. O livro é bem curtinho, possui apenas 160 páginas. O traço das ilustrações são bem agradáveis, bem como a diagramação da obra. 








Até a próxima! :)


ENCONTRE-ME: