livroseflores@outlook.com.br Image Map

Entrevista: autora Raquel Machado



Olá, pessoal! Tudo bom com vocês?

Ontem foi dia de entrevista com o autor Renato C. Nonato, hoje é o dia da Raquel Machado! Raquel é autora do livro Vingança Mortal. Você pode conferir mais sobre a autora e sua obra clicando aqui. Fiquem atentos que em breve tem resenha do livro dela por aqui e já adianto que eu adorei a leitura. :)

  1. Raquel nos fale um pouco sobre você.

Meu nome é Raquel Machado, sou formada em Ciência da Computação e trabalho como Analista de Sistemas. Sempre tive uma grande paixão pela área das artes, comecei no teatro aos 9 anos, e  já participei de corais, grupos de dança, equipes de eventos, e hoje minha grande paixão está na literatura. Escrevo desde que me conheço por gente, escrever para mim é algo tão normal como respirar, as ideias ganham vida própria no papel e espero daqui por diante poder estar compartilhando elas com todos.

2 - Conte-nos um pouco sobre seu livro.


Vingança Mortal é um suspense policial ambientado em Lageado Grande, um vilarejo localizado no interior do RS. Na história são abordados temas como o Bulling, traição, drogas e gravidez, utilizando uma das mais conhecidas leis da física: "Toda ação provoca uma reação de igual ou maior intensidade, mesma direção e em sentido contrário". (Terceira Lei de Newton)

3 - Como foi a criação dos personagens de Vingança Mortal? Você se inspirou em pessoas de seu convívio para criar cada personalidade e cada nome?


Como faço teatro há anos, tenho sim o costume de observar as pessoas, então meus personagens saem um pouco de minhas observações. Os nomes foram escolhidos ao acaso, nomes que achei condizentes e que acabaram sendo moldados com as próprias personalidades dos personagens.

4 - Como foi o processo de criação do enredo? Alguma experiência pessoal te inspirou?


Como lia muito Sidney Sheldon naquela época me inspirei em muitos de seus suspenses, sabia que queria escrever uma história de mistério. Eu escrevi essa história em 2001 e o livro nasceu como um pequeno conto, somente agora em 2014, quando fui revisar a história, vi que ela tinha um potencial maior, então acabei fazendo algumas adaptações, porém sua essência continua a mesma.

5 - Existe algum escritor que te inspira?


Vários, na realidade. Como leio muito, tenho ótimas inspirações, porém para escrever o Vingança Mortal, com certeza minha maior inspiração foi o Sidney Sheldon como comentei, um autor que admiro muito do qual já li todos os livros.

6 - Você já tem algum novo projeto em mente?


Com certeza. Pretendo lançar um novo livro ano que vem chamado “Histórias do Povo”, uma coleção de contos, todos relacionados as escolhas que temos que fazer na vida: casar ou não casar? Seguir a dieta ou não? Ligar no dia seguinte ou não? Cada conto aborda um tema e todos terão dois finais, onde o próprio leitor poderá escolher o final que desejar para a história. Estou muito animada com esse projeto acho que as pessoas vão gostar.

7 - Você encontrou dificuldades para publicar seu primeiro livro?


Estaria mentindo se falasse que não, porém foi mais fácil do que eu imaginava. Como decidi fazer o lançamento independente, todo o processo de publicação dependia exclusivamente de mim, levei um tempo para descobrir como funcionava o mercado editorial, a questão da diagramação do livro, realização da capa, etc. Foi um processo de grande aprendizado, que com certeza valeu a pena.

8 - Já escreveu algum livro que não conseguiu publicar?


Vários. Escrevo há anos como comentei, porém somente agora comecei a me dedicar a publicação, e espero conseguir ir compartilhando minhas histórias aos poucos com os leitores.

9 - Qual é a dica que você dá para quem quer ser escritor?


Em primeiro lugar sempre digo que as pessoas devem escrever porque gostam de escrever. Tudo que fazemos com carinho com certeza será reconhecido, e se você faz isso com paixão, ter a sua história terminada já será uma grande vitória. Em segundo lugar, muita persistência, o caminho de escritor é um caminho lento, que deve ser construído todos os dias, onde cada passo é muito importante e uma grande vitória.

10 - Qual foi a maior dificuldade que enfrentou durante a elaboração, publicação e divulgação do livro?


Tempo. Ainda é uma das minhas maiores dificuldade, como trabalho em tempo integral, faço dança e ainda tenho que cuidar da casa não sobra tanto tempo quanto eu gostaria para me dedicar a isso, mas aos pouquinhos estou conseguindo realizar meu sonho.

11 - Por último, deixe um recado para os leitores do blog Livros e Flores e conte como é passar por essa experiência.
Essa experiência para mim tem sido maravilhosa em vários sentidos, talvez por eu não almejar tanta coisa, digo ser um best seller internacional, cada depoimento que recebo dos meus leitores é uma grande vitória, que me deixa animada em continuar nessa batalha.


Primeiro gostaria muito de te agradecer pelo espaço e pelo apoio, isso realmente é muito importante para nós autores. E gostaria de agradecer a vocês leitores. Vocês são a peça fundamental de tudo isso, e por vocês que vale a pena ultrapassar todas as dificuldades. O maior pagamento que um escritor pode receber é um leitor feliz.


E aí, pessoal! Gostaram? Eu adorei saber coisas nova sobre a Raquel, que é sempre muito fofa, atenciosa e prestativa comigo. Já estou ansiosa pelo lançamento de "Histórias do Povo", torço muito para que os projetos da autora sejam concretizados.

E novamente, fiquem atentos que logo mais terá resenha do livro dela por aqui.